MEU DIÁRIO / POESIAS

Fábulas

Ah! As fábulas

São mantos

De encanto

E prazer

São recantos

Onde a alma

Infantil

Vai buscar

Alimento para

O seu vir a ser

Fábulas são pura

Poesia

Jazem vivas,

Dispostas a

Todo o dia

Dizer-nos

Versos, lições

Miríades.

Sobrevivem a rotina

Fazem eco

Ao ser que um dia

Foi buscar

Sua alma-guia

Nas teias

Da Via láctea.

 

Fábulas me dizem

Tanto

Falam comigo

Sempre

Lembram

de um tempo ausente

memórias já tão

distantes

da aldeia da

minha infância

me encantam

por serem curtas

e ao mesmo tempo

profundas.

 

Ouço ainda agora

O som, a voz

De seus personagens

Criados na minha

Mente

De forma pura

E carente

De saber

Que a vida

É vertente

De água boa

Límpida e cristalina

De acreditar

Que essa vida

Mesmo tão dura e sofrida

Vale a pena

Ser vivida.

 

Fábulas são

Salva-vidas…

 

Ingrid Cañete